Enviado por cgmi em qua, 06/01/2016 - 15:33

Opções para uma alimentação saudável e saborosa na 2ª Cnater

Comer tapioca, bolo e pão de queijo, acompanhados de sucos naturais ou um cafezinho, é tudo de bom. Principalmente, quando nos remete ao sabor de casa. E é isso que prometem estas delícias que poderão ser apreciadas na feira ‘Saberes e Sabores da Agricultura Familiar’, que será realizada dentro da 2ª Conferência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (2ª Cnater), de 31 de maio a 03 de junho, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília.

Na banca de alimentos da Associação de Produtores Rurais e Artesanais (Rurart), de Planaltina (DF), quem escolhe o recheio na tapioca é o cliente. As opções são variadas: frango ou carne, tomate, manjericão, pimenta calabresa, azeite de oliva, manteiga de garrafa, queijo muçarela ou minas. Já os bolos de milho, cenoura, banana e tapioca com leite condensado serão vendidos em fatias. E para acompanhar, têm os sucos de frutas naturais, como goiaba, tamarindo, abacaxi com hortelã, cupuaçu, graviola, maracujá e acerola, além do tradicional cafezinho.

O casal Denerson Francisco Viana (34) e Gleudna Vieira Almeida (39) são os responsáveis pela confecção dessas gostosuras. Eles participaram da primeira edição da feira e a expectativa é que os quitutes repitam o mesmo sucesso este ano. “É também um espaço para fazermos novos contatos para outras feiras ou eventos particulares. Este ano, a praça de alimentação estará aberta ao público externo, a partir das 18 horais. Tenho boas expectativas de vendas”, fala Viana.

Alimentos preparados com carinho

Denerson e Gleudna, há três anos, trabalham no ramo de alimentação. Ele largou o emprego em uma empresa de transporte coletivo e ela de diarista. Segundo o casal, a renda hoje é bem maior como autônomos, além de serem mais felizes. “Tudo o que faço é com carinho e capricho, amo trabalhar com alimentos”, diz Gleudna.

Nos finais de semana, o casal monta a sua banca na Praça São Sebastião, em Planaltina. No sábado, nesse mesmo local, a participação é dentro da área de alimentação da Feira da Lua, a partir das 18h. Nesses dias, eles vendem macarrão e crepe francês.

Na preparação dos alimentos o casal dá preferência aos produtos orgânicos, produzidos por associações familiares.  “Trabalhamos com produtos orgânicos que são mais saborosos, saudáveis e duram mais tempo. Acredito que isso é parte do nosso sucesso”, fala Gleudna.

E para Cnater, sabe qual é o melhor pedido segundo Dona Gleudna? “Olha, tudo o que faço é muito elogiado. Mas a minha tapioca faz muito sucesso, sempre tem fila para comê-la”, gaba-se dando risada.

A tapioca será vendida na Cnater por R$ 5 (pequena) e R$ 10 (grande). A fatia de bolo, o copo de suco de 300 ml e o saco de pão de queijo custará, cada, R$ 3.

2ª Cnater

A 2ª Cnater busca estabelecer estratégias e ações prioritárias para promover a universalização da Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater) pública e de qualidade para os agricultores familiares do Brasil, visando ampliar a produção de alimentos para todos. A conferência envolve representações das diversas instâncias de governo e da sociedade civil.

Durante quatro dias, além dos debates e oficinas, haverá diversas apresentações artísticas, como danças indígenas e shows musicais com: Mestre Luiz Paixão, P1 Rappers, Chico César, Talo de Mamona e Dona Onete. O público também poderá conferir as exposições: Mandala da Fertilidade, Filhos da Terra e Caminhos Rurais do DF.

Serviço

Feira Saberes e Sabores da Agricultura Familiar

Data: 31 de maio a 03 de junho (terça a sexta-feira)

Hora: De 12h às 20h (31/05 a 02/06 ) e  de 10h às 15h (03/06)

Local: Centro de Convenções Ulysses Guimarães – Eixo Monumental – Brasília DF

Entrada franca